Controle Sua Ansiedade Em Poucos Passos

Ansiedade é um mal que vem crescendo muito nos últimos anos. E o maior desafio e saber controlar a ansiedade.

Existem muitas definições para ansiedade, mas vamos considerar nessa conversa que ansiedade é aquela sensação incômoda que acontece antes de algum momento de perigo ou evento importante, seja ele um perigo real ou criado
pela sua cabeça.

Muita gente ainda trata essa sensação como algo de pouca importância e sofrem silenciosamente sem procurar ajuda. E se você aprender a controlar a ansiedade, com certeza conseguirá uma vida mais plena e mais força para conseguir realizar metas e vencer seus desafios pessoais. Se você costuma ter sintomas como sensação
de vazio no estômago, batimentos cardíacos acelerados, medo intenso, aperto no tórax ou transpiração excessiva, pode ser que você esteja sofrendo com ansiedade excessiva.

Viver com ansiedade é como ter que correr uma maratona carregando um saco de areia nas costas. Se você souber como controlar a ansiedade, você vai poder correr livre, mais leve e com muito mais chances de cruzar a linha de chegada de acordo com o que foi planejado. Especialmente se todos os seus concorrentes continuarem correndo com um saco de areia nas costas.

Controlar a ansiedade é uma habilidade fundamental nos dias de hoje. Você já sentiu a sensação de ter que lidar com problemas, reais ou imaginários, muito antes de eles realmente acontecerem?

Esse sentimento começa como uma simples preocupação positiva. É muito melhor você se preocupar antes da hora do que quando é tarde demais. Porém, quando a ansiedade passa o limite saudável, começa a ser um sentimento que atrapalha o seu sono. É um sentimento que insiste em ficar na sua cabeça, até que começa a realmente atrapalhar sua vida. A ansiedade te salva quando ela te dá paz amanhã se você agir hoje para evitar problemas maiores.

A ansiedade machuca quando ela apenas tira a paz de hoje e não reduz o problema de amanhã. É nesse momento que a ansiedade deixa de ser uma sensação natural de qualquer ser humano e passa a ser um problema.

Este problema passa a dificultar o cumprimento dos seus desafios e a realização dos seus objetivos de vida. É por isso que saber como controlar a ansiedade é uma habilidade tão fundamental nos dias de hoje. Segundo o National Institute of Mental Health, os transtornos de ansiedade são as doenças mentais mais comuns nos Estados Unidos, afetando 18% da população [fonte: https://arata.se/source-nt1t]. E isso não deve ser muito diferente em
outros países.

A ansiedade deveria nos ajudar. Do ponto de vista evolutivo, a ansiedade existe para nos ajudar. Quando estamos diante de um momento de perigo ou de um evento desafiador, nosso sistema nervoso nos envia sinais de alerta para nós enfrentarmos o perigo que se aproxima. O coração bate mais rápido. Nós respiramos com mais frequência.

As pupilas se dilatam. Tudo isso é muito útil em situações de perigo real. Imagine um dos nossos antepassados explorando uma caverna e tendo que ficar muito atento para qualquer animal que se aproxime. Nesse caso, a sensação de ansiedade pode ser a diferença entre a vida e a morte.

O problema é que, no mundo atual, esses momentos de perigo são muitas vezes imaginários ou muito distantes.

Notícias de jornal alarmistas, pressão social, sobrecarga de informações… tudo isso serve para gerar na nossa cabeça situações de perigo que dificilmente vão acontecer.

Quando isso vai crescendo, a ansiedade vai saindo do controle e isso começa a atrapalhar a nossa vida. Começa a dificultar a realização dos nossos objetivos. Por exemplo, quando você deixa de conquistar uma promoção no trabalho ou deixa de fechar um negócio por não conseguir controlar o nervosismo ao falar com outras pessoas. Transtornos de ansiedade precisam ser tratados de forma séria e responsável.

Quando a ansiedade começa a sair muito dos níveis normais, a pessoa pode ser diagnosticada com algum transtorno de ansiedade, como a Desordem de Ansiedade Generalizada (DAG). Esses transtornos formam um grupo de perturbações mentais caracterizadas por sentimentos fortes de ansiedade e medo. Eles podem estar ligados a fobias específicas e precisam ser tratados de forma responsável por um profissional de saúde especializado.

Se você chegou até esse artigo procurando uma cura para esses transtornos, nossa recomendação é que você procure ajuda profissional da sua confiança o quanto antes. Os distúrbios de ansiedade são doenças que podem ter consequências graves, sendo frequentemente ligados a episódios de depressão. Por isso, se este for seu caso, você deve procurar a orientação médica adequada.

Agora, se você tem apenas um pouco de ansiedade que está atrapalhando o seu dia a dia, então existem algumas técnicas práticas que podem te ajudar controlar a ansiedade.

Identifique as causas da ansiedade para se tornar uma pessoa menos ansiosa.

O PRIMEIRO PASSO:

O primeiro passo para saber como controlar a ansiedade é tão óbvio que muita gente acaba sem fazer. Esse primeiro passo é simplesmente identificar as razões, os motivos pelos quais você está se tornando uma pessoa ansiosa. Faça uma lista de tudo aquilo que você acha que pode ser o motivo da sua ansiedade.

O TERCEIRO PASSO:

Depois, elimine ou reduza uma a uma dessas causas. Em alguns casos, o simples fato de você escrever uma lista já pode ajudar, pois a criação de listas contribui para que você ganhe clareza e a sensação de maior controle sobre suas circunstâncias. Feita a lista, o ideal é experimentar um item da lista de cada vez, reduzindo ou até mesmo eliminando o item a sua vida.

O QUARTO PASSO:

Em seguida, observe se essa redução surtiu efeito, se ela diminuiu a sua ansiedade. Por exemplo, digamos que você ache que as redes sociais são um dos motivos da sua ansiedade. Nesse caso, faça um teste de por pelo menos
uma semana apagar as redes sociais do seu celular e até mesmo bloquear essas redes no seu computador.

Depois de uma semana, observe se a sua ansiedade diminuiu. Caso positivo, reinstale as redes sociais pelo mesmo período de tempo e observe se a sua ansiedade aumenta. Se as duas coisas estão relacionadas, então
você tem uma boa pista de que aquele item da lista realmente está ligado ao aumento da sua ansiedade. A partir daí, você deve tomar a decisão de reduzir ou eliminar aquele item da sua vida.

Depois desse primeiro experimento, passe para o segundo item da lista e faça o mesmo, até ter examinado calmamente, sem pressa, cada um dos itens que podem estar gerando ansiedade na sua vida. A ansiedade é um mal generalizado que vem crescendo muito nos últimos anos.

Quem aprende a controlar a ansiedade tem uma grande vantagem tanto para levar uma vida mais tranquila quanto para realizar metas e objetivos de forma mais fácil e rápida. Hoje você aprendeu uma prática simples que
vai gerar muita clareza sobre o que pode estar causando ansiedade na sua vida.

Existem outras técnicas para diminuir a sua ansiedade. Praticamente todas estão relacionadas a focar no que está acontecendo no presente, impedindo sua mente de ficar antecipando problemas que
provavelmente nem vão acontecer. Se você quiser conhecer essas técnicas de
melhoria de foco, eu te convido a conhecer o nosso curso COMO SUPERAR A ANSIEDADE: https://vidanovva.com.br/acabe-com-a-ansiedade/

0 comentários